Transtorno de Estresse Pós-Traumático: você sofre com isso?


Lívia Fialho

por Lívia Fialho

22/10/2021
Transtorno de Estresse Pós-Traumático: você sofre com isso?

Muitas pessoas são psicologicamente afetadas de maneira profunda e duradoura quando algum evento terrível acontece: guerras, abuso sexual, estupro, desastres naturais, violência civil ou doméstica, acidentes, ameaça de morte, tortura, assalto, sequestro. Em alguns casos, os efeitos são tão graves e traumáticos, além de persistentes, que desencadeiam o Transtorno do Estresse Pós-Traumático - TEPT. Também pode acontecer da pessoa testemunhar esses incidentes com um familiar ou amigo próximo.

 No caso do TEPT, a resposta emocional ao evento traumático é potencializada, com medo intenso, horror e impotência. A pessoa passa a reviver a situação constantemente (os chamados flashbacks), tem sonhos vívidos e pesadelos, se esquivam de ambientes que, de alguma forma, lembram o evento,  evitam conversas e pessoas que lhe lembrem o trauma ou até mesmo possui dificuldades em lembrar de aspectos importantes relacionados ao ocorrido. Seu corpo reage como se estivesse constantemente ameaçado de morte, fazendo com que seu coração dispare, sua respiração se acelere e seus músculos se contraiam, pronto para fugir. No caso de crianças, pode haver brincadeiras repetitivas que expressem essa vivência traumática.

O sofrimento psicológico é intenso, com sintomas como irritabilidade, insônia, sobressalto excessivo, dificuldade de regular as emoções e de expressar emoções positivas. Há também comprometimento na atenção, concentração e memória, perda de interesse em participar de atividades significativas, ocasionando comprometimento social, ocupacional, emocional e cognitivo, sem falar na possibilidade de abuso de álcool e outras drogas para anestesiar o seu sofrimento.

Se você sofre com Transtorno de Estresse Pós-Traumático ou conhece alguém nesta situação, procure um (a) psicólogo (a) para tratamento especializado, suporte com estratégias de enfrentamento, redução do estresse, criação de redes de apoio, assistência à família e, se for o caso, fazer indicação de psiquiatra para tratamento medicamentoso.

 

Lívia Fialho Drummond - CRP: 03/23604

Agende sua consulta

Convênios Aceitos

Como chegar


Holos Pituba

Rua Minas Gerais, 436 - Pituba. Edf. Sinduscon, 4°, 5° e 6° Andar | Salvador/BA

+55 71 3341.0001
+55 71 99190.9416

Holos Vilas

Rua Praia de Ondina, 58, Vilas do Atlântico, Referência: ao lado do Colégio Perfil

+55 71 3838.9595
+55 71 99290.5095